Autoconsumo | Tarifa Tetrahorária

Solução de Autoconsumo para uma tarifa Tetrahorária de Ciclo Semanal

É bastante importante, quando se parte para o dimensionamento de um sistema de autoconsumo, que se verifique
qual a tarifa que o cliente tem contratada.

Nesta situação, apresentamos um caso em que a tarifa é Tetrahorária de Ciclo Semanal com feriados.

Nesta situação, poderemos verificar o que representa em termos percentuais cada período horário dessa tarifa.

Cada período horário aqui representado tem um valor de tarifa específico. É por isso que é extremamente importante, verificar o peso de cada um dos períodos, pois existem tarifas mais caras que outras. Aqui, as tarifas de ponta e cheias são aquelas que representam um peso maior na sua fatura energética.

Para se ficar a perceber melhor do que se está a falar, basta consultar a seguinte tabela, qua apresenta os valores
de cada um dos períodos horários deste caso prático.

Tabela periodos


 Nos gráficos seguintes pode ser observado o peso de cada um dos perídos horários aos Sábados e Domingos.

Sabado Inverno veraodomingo inverno e verao

Assim é possível verificar facilmente, que os períodos de cheias e ponta, para além de terem um peso relativo em termos de duração, também são aquelas que representam um maior custo por kWh de energia.

Assim é sempre de ter em consideração qual o momento do dia a que estes períodos horários ocorrem.

O Dimensionamento do Sistema de Autoconsumo Fotovoltaico

Para se executar o dimensionamento da instalação de autoconsumo, verificou-se qual a área de cobertura disponível para a instalação de painéis, de forma a que no dia mais curto do ano, 21 de dezembro, ao meio dia, não existisse qualquer penalização por sombreamento. Essa análise, foi realizada de forma analítica (cálculo através do ângulo solar nesse dia e hora), mas também confirmada através da modelação 3D em SketchUp. Nessa modelação é possível verificar que sombreamentos efetivamente podem ser penalizadores na produção.

modela#U00e7#U00e3o3D

Esta modelação permitiu, colocar o edifício no seu lugar geográfico e verificar que a distância entre fileiras calculada era a indicada, para não existir penalização de sombreamento por fileiras. Efetivamente, também foi possível, verificar qual o número de painéis que seria possível instalar na edifício.

A partir daí, e através dos dados de monitorização de consumos da instalação, dimensionou-se o sistema de autoconsumo com base na simulação em PVSyst.

Aqui o objetivo a que se proponhamos era de alcançar uma curva de autoconsumo idêntica à curva de consumos. O sistema que comtemplou uma melhor análise económico-financeira com um retorno mais rápido foi uma instalação  de 36kWpico instalado e uma potência nominal de 30kW.  

O dimensionamento executado permitiu desenvolver um gráfico diário, para os consumos acumulados da instalação e respetiva produção para autoconsumo.

 

autoconsumo acumulado tetra

Também, foi possível a partir desta simulação traçar o gráfico diário para os consumos médios anuais da instalação e respectivo autoconsumo. 

autoconsumo m#U00e9dio tetra

Ambos os gráficos permitem perceber, que o dimensionamento foi bem realizado, pois o desperdício da energia que não pode ser injetada na rede (a cinzento), não é acentuado e pode facilmente ser compensado com a ativação de cargas através do equipamento de monitorização e controlo: o Solar-Log.

Também foram elaborados os gráficos diários para os dias mais curto (21 de dezembro) e longo do ano (20 de junho).

21dezembro

20 de junho

Análise económico-financeira do sistema de Autoconsumo Fotovoltaico

Na tabela seguinte é possível verificar as poupanças energéticas e financeiras mensalmente e para os diferentes períodos horários.

poupança mensal nos vário períodos

 

 

 

 

A poupança ao longo do primeiro ano de projeto será cerca de 6.000€. Valor que ascenderá nos anos seguintes devido às perspectivas de aumentos das tarifas de eletricidade.

Desta forma foi possível executar uma análise económica cuidada para se verificar a viabilidade do projeto. Esta análise financeira, baseou-se em determinados fatores como: o aumento das tarifas de eletricidade de 3,8% ao ano, uma taxa de atualização de 2,8% ao ano, uma depreciação anual linear de produção de 0,7% ao ano (valor máximo da depreciação do painel fotovoltaico) e por fim um custo de manutenção anual.

análise financeira

Esta análise económico-financeira permite-nos verificar que o investimento ficará terá um payback ao 8º ano de vida do projeto (PRIA), a uma TIR (taxa interna de rentabilidade) de 11,2% e ter um ROI 3,17€, que significa que por cada 1€ investido o retorno será de 3,17€.  Estes dados podem ser vistos na tabela abaixo.

roi

 

contatos

CK Investigação e Desenvolvimento

banner servicos

banner re

banner mobilidade21

banner agroCK

banner smartPV

banner Comfort

banner academy

banner LED21

banner Certificacao

Subscreva a Newsletter com as nossas ofertas

Termos e Condições

CK STORE - Shopping cart

 x 

Carrinho vazio

Login e Registo

Autenticar Registar

Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *