DECRETO-LEI n.º 118/2013 de Agosto de 2013

A nova Regulamentação Térmica já tem formato legal. O decreto-lei (DL) 118/2013 coloca na lei portuguesa a revisão do Sistema de Certificação Nacional (SCE), Regulamento de Desempenho Energético dos Edifícios de Habitação (REH) e Regulamento de Desempenho Energético dos Edifícios de Comércio e Serviços (RECS).

 

DECRETO-LEI n.º 58/2013 de Agosto de 2013

Aprova os requisitos de acesso e de exercício da atividade de perito qualificado para a certificação energética e de técnico de instalação e manutenção de edifícios e sistemas, conformando-o com a disciplina da Lei n.º 9/2009, de 4 de março, que transpôs a Diretiva n.º 2005/36/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 7 de setembro de 2005, relativa ao reconhecimento das qualificações profissionais.

 

Portaria 349-A-2013 de 29.Novembro de 2013

Determina as competências da entidade gestora do SCE, regulamenta a actividade dos técnicos e estabelece as categorias de edifícios para efeitos de certificação energética, os tipos de certificados, pré-certificados e responsabilidade pela sua emissão. Estipulam-se ainda as taxas de registo no SCE e os critérios de verificação de qualidade dos processos de certificação, elementos a constar do relatório e da anotação no registo individual do Perito Qualificado (PQ). 

 

Portaria 349-B-2013 de 29.Novembro de 2013

 A presente portaria define a metodologia de determinação da classe de desempenho energético para a
tipologia de pré -certificados e certificados SCE, bem como os requisitos de comportamento técnico e de eficiência dos sistemas técnicos dos edifícios novos e edifícios sujeitos a grande intervenção, ao abrigo do disposto no Regulamento de Desempenho Energético dos Edifícios de Habitação.

 

Portaria 349-C-2013 de 1 de Dezembro 2013

A presente portaria estabelece os elementos que deverão constar dos procedimentos de licenciamento ou de
comunicação prévia de operações urbanísticas de edificação, bem como de autorização de utilização, sem prejuízo
do disposto no n.º 3 do artigo 31.º e do n.º 3 do artigo 50.º, ambos do Decreto-Lei n.º 118/2013, de 20 de agosto

 

Portaria 349-D-2013 de 1 de Dezembro 2013

A presente portaria estabelece os requisitos de conceção relativos à qualidade térmica da envolvente e à eficiência
dos sistemas técnicos dos edifícios novos, dos edifícios sujeitos a grande intervenção e dos edifícios existentes.

 

Portaria 353-A-2013 de 4 de Dezembro 2013

Esta portaria define os valores mínimos de caudal de ar novo por espaço, os limiares de protecção e as condições de referência para os poluentes do ar interior nos edifícios de comércio e  serviços novos, sujeitos a grandes intervenções e existentes, e a respectiva metodologia de avaliação.

 

Despacho (extrato) n.º 15793-C/2013

Procede à publicação dos modelos associados aos diferentes tipos de pré-certificado e certificado do sistema de certificação energética (SCE) a emitir para os edifícios novos, sujeitos a grande intervenção e existentes.

 

Despacho (extrato) n.º 15793-D/2013

Estabelece os fatores de conversão entre energia útil e energia primária a utilizar na determinação das necessidades nominais anuais de energia primária.

 

Despacho (extrato) n.º 15793-E/2013

Estabelece as regras de simplificação a utilizar nos edifícios sujeitos a grandes intervenções, bem como existentes.

 

Despacho (extrato) n.º 15793-F/2013

Procede à publicação dos parâmetros para o zonamento climático e respetivos dados.

 

Despacho (extrato) n.º 15793-G/2013

Procede à publicação dos elementos mínimos a incluir no procedimento de ensaio e receção das instalações e dos elementos mínimos a incluir no plano de manutenção (PM) e respetiva terminologia.

 

Despacho (extrato) n.º 15793-H/2013

Estabelece as regras de quantificação e contabilização do contributo de sistemas para aproveitamento de fontes de energia de fontes de energia renováveis, de acordo com o tipo de sistema.

 

Despacho (extrato) n.º 15793-I/2013

Estabelece as metodologias de cálculo para determinar as necessidades nominais anuais de energia útil para aquecimento e arrefecimento ambiente, as necessidades nominais de energia útil para a produção de águas quentes sanitárias (AQS) e as necessidades nominais anuais globais de energia primária.

 

Despacho (extrato) n.º 15793-J/2013

Procede à publicação das regras de determinação da classe energética.

 

Despacho (extrato) n.º 15793-K/2013

Publicação dos parâmetros térmicos para o cálculo dos valores que integram o presente despacho.

 

Despacho (extrato) n.º 15793-L/2013

Procede à publicação da metodologia de apuramento da viabilidade económica da utilização ou adoção de determinada medida de eficiência energética, prevista no âmbito de um plano de racionalização energética.

 

 

 

 

 

 

 

 

CK Investigação e Desenvolvimento

banner servicos

banner re

banner mobilidade21

banner agroCK

banner smartPV

banner Comfort

banner academy

banner LED21

banner Certificacao

Subscreva a Newsletter com as nossas ofertas

Termos e Condições

CK STORE - Shopping cart

 x 

Carrinho vazio

Login e Registo

Autenticar Registar

Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *